OPERAÇÃO REGALIA: PRESOS MANTINHAM MOTEL E SAÍAM PARA FESTA

Policiais em operação contra regalias a presos em Anápolis, Goiás

Em sua segunda fase, a Operação Regalia cumpre mandados de prisão contra mulheres de detentos, diretor, supervisor e agente do presídio de Anápolis, em Goiás.

Policiais da Operação Regalia contra privilégios a presos em Anápolis, Goiás
Operação Regalia em Anápolis – GO

Na Unidade Prisional de Anápolis, 55 km de Goiânia, presos saíam para festas, traficavam drogas e mantinham um motel. Segundo o G1, é o que revelaram as investigações da Operação Regalia do Ministério Público de Goiás.

Com intuito de rechaçar privilégios e a prática de crimes, mulheres de detentos, detentos, o diretor, o supervisor e um agente da Unidade foram presos na manhã desta terça-feira (21).

“Havia um verdadeiro escritório seguro do crime. Tráfico de drogas e até homicídio a gente conseguiu levantar de um preso que, em tese, teria suicidado. É uma gama de pequenos crimes que se prolongaram por muito tempo e ultrapassaram todos os limites”. Disse o coordenador da operação, o Promotor de Justiça Thiago Galindo.

Quanto ao motel, a promotoria disse que no local tinha toda uma estrutura para funcionar. E que era utilizado um anexo que deveria servir de depósito de materiais. A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), teria fechado o quarto em março deste ano.

“Segundo o relatório da própria Seap, tinha até um livro com o telefone das mulheres que seriam chamadas. Era como um quarto de motel mesmo, com bombom, frutas”, detalhou Galindo.

A segunda fase da Operação Regalia, que foi deflagrada nesta manhã em parceria com as polícias Civil e Militar, cumpriu 11 mandados de prisão, sendo cinco de prisão temporária contra o diretor, o supervisor, um agente e duas mulheres de presos, seis de prisão preventiva em relação aos envolvidos que já estavam presos, 7 conduções coercitivas contra um agente, ex-agentes e pessoas ligadas aos internos.

Mais informações no G1.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *