MULHER GRÁVIDA É DEMITIDA POR BANCO APÓS FOTOS VIRALIZAREM NA INTERNET

Foto: Reprodução/Instagram
Stephanie alegou que o banco
no qual trabalhava a demitiu porque aquela era uma “empresa voltada para a
família”
Stephanie Wallace
e Arryn, casal de Overton, cidade do Texas, protagonizou no último mês um
ensaio fotográfico sensual e superdelicado, mas não imaginava a proporção que
essa decisão tomaria. A mulher alega que foi demitida de seu trabalho porque seus
antigos chefes acharam o photoshoot “inapropriado”.
O
ensaio, feito pelo estúdio fotográfico norte-americano Wolf & Rose
valorizou as curvas de Stephanie com a mensagem de “body positivity”.
Nas lindas fotos, Arryn aparece sem camisa e de calça jeans, enquanto Stephanie
usa uma calcinha e um sutiã transparente nas costas.
Mas
agora, Stephanie, que está grávida de 20 semanas, perdeu seu emprego por
simplesmente se amar e parecer autoconfiante. Em entrevista ao buzzfeed, ela disse que o banco no qual trabalhava alegou que
aquela era uma “empresa voltada para a família” e por isso foi
mandada embora. 
A
texana também disse que o banco a acusou de fazer fotos topless, o que ela diz
que é impreciso, já que ela usava um sutiã sem costas.
“Eu
nem pude me defender, eles tomaram uma decisão”, disse. “Eu me doei
por mais de um ano para uma empresa que eu trabalhei duro para que depois eles
me mandassem embora por fazer algo tão positivo, algo que eu me sentia
orgulhosa. As pessoas estavam pegando os celulares no trabalho e mostrando as
fotos. Isso me deixou envergonhada”, contou. 

Via Glamour

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *