Afinal de contas, quem está com a verdade?

Fiquei todo o final de semana esperando alguém se pronunciar sobre o assunto. Na verdade, esperava que o Núcleo Sindical da APLB em Una rebatesse as acusações, o que infelizmente ainda não ocorreu. Penso eu, que esta é uma questão que necessitava de uma resposta imediata dos representantes dos professores. Soube que hoje essa resposta será dada através da mesma rádio (pediram o direito de resposta). Mas as acusações foram feitas na sexta-feira, porque esperar tanto tempo, se os professores tem uma ferramenta de comunicação bastante acessível nos dias de hoje? Um blog tem um alcance internacional, imaginem então, em uma pequena cidade como a nossa?

Matéria do blogueiro Di Rusciolelli, publicada no Blog Atitude em Una:

Prefeita de Una chama professores de mentirosos, porém quem mentiu foi ela ao descumprir acordos com os mesmos

Una, 13 de Agosto de 2013
Postagem Di Rusciolelli
Documentos obtidos com o Núcleo da APLB de Una
Senhoras e senhores, amigos e amigas desse humilde blog. Todos dessa cidade são conhecedores de que prezamos pela liberdade de expressão em larga escala, e que temos o direito de criticar os nossos gestores em todos os níveis.
Acontece que em Una quando uma pessoa critica um prefeito ou um vereador, as pessoas vão para cima do criticando, como se o mesmo fosse um criminoso ou leproso que ninguém pode encostar. Entendemos que se as pessoas passam para a vida pública e se tornam funcionários do povo, eles devem explicações e respeito, mas muito respeito mesmo para com o povo.
Chamar um prefeito(a) (PREFEITO pessoa estabelecida por lei como governante de uma cidade e eleito pelo povo) de mentiroso(a) se refere unicamente e exclusivamente ao cargo em si. Somos completamente contra a difamação da pessoa que exerce o cargo em seu seio familiar. Somos terminantemente contra a difamação em qualquer especie.
Porém salientamos que um prefeito(a), vereador(a), governador(a), enfim uma autoridade constituída pelo povo, para servir ao povo, pode sim, caso seja comprovado sua falta de compromisso e falta de verdade, ter sua fala atrelada a mentiras.
É o caso da atual prefeita de Una, a Prefeita Diane (prefeita e não senhora), a mesma deu uma polêmica entrevista na rádio Regional Sul FM de Camacan, na última sexta-feira (dia 09), onde na entrevista a mesma mostrou o seu total despreparo e falta de assessoria para lhe dar com questões da cidade, e principalmente com o servidor. A mesma teve a infelicidade de dizer que um servidor público é mentiroso e que o povo deveria respeitá-la, pois ela é a autoridade máxima da cidade.
Escutem abaixo a parte da entrevista em que a prefeita Diane chama os professores de mentirosos e diz que não assinou nenhum acordo com os mesmos:
Agora vejam abaixo a imagem dos acordos firmados entre gestão e APLB ao longo do ano, que comprovam que ela assinou sim os acordos, e não cumpriu nenhum deles:
Tendo visto as imagens acima cabe relembrar aos amigos leitores que a prefeita faltou com a verdade, pois em uma entrevista concedida na mesma rádio em abril (relembre aqui caso queira), a prefeita disse em bom português: “O povo votou em mim, as decisões tem que partir de mim…” escutem o trecho da entrevista em que ela diz isso:
Portanto a prefeita mentiu sim na entrevista concedida, recentemente na rádio, pois ela disse que não assinou, mas mandou que seus secretários (conforme vocês viram na imagem acima em destaque o nome do secretário de finanças e da secretária de educação, esporte e cultura) assinassem o acordo que ela não viria a cumprir. Para frisar, se a mesma prefeita disse que “AS DECISÕES DEVEM PARTIR DE MIM”, ela agora quer dizer que os secretários assinaram sem ela saber? 
Então:
Nessa mesma entrevista de Abril, a prefeita fala que iria pagar o salário de dezembro de 2012, referente aos funcionários da educação, com a complementação da união até o dia 30/04/13, lembrando que a verba entrou e os salários não foram pagos, escutem:
Abaixo as imagens dos outros acordos assinados pela gestão, e nesse consta a assinatura da prefeita, anteriormente ao acordo firmado em maio. Acordo esse descumprido pela prefeita e sua gestão, o que mais uma vez caracteriza mentira de seu governo e uma forma de ludibriar a categoria que a mesma chamou de mentirosos.
Esse acordo foi firmado em fevereiro, o dinheiro do FUNDEB veio para o município  foi gasto em outras coisas que a prefeita e sua equipe não disseram em que e não deu para arcar com os compromissos FIRMADOS por eles com a categoria. Vale lembrar que nesse acordo o pagamento do mês de dezembro seria realizado no mês de Abril/2013, e não foi.
As imagens abaixo são do acordo inicial com a prefeitura logo em fevereiro de 2013, lembrando que esse acordo também não foi cumprido:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *